A paz é construída.

A paz é construída de manhã, assim quando você acorda. E se acordar bem, o seu bem-estar estará garantido.

Vou me explicar melhor, se você assim que acorda, pula da cama correndo e sai atropelando todo mundo da casa, pois já está atrasada (o), seu dia seguirá neste mesmo ritmo.

Agora se você preza por sua qualidade de vida/bem viver e acorda 5 minutos mais cedo, para agradecer o fato de estar viva (o), diz palavras positivas para si e só depois levanta da cama.

Se faz isto, garante que o seu dia seja cheio de paz e qualidade.

Entenda que são escolhas, e claro isto dá trabalho. No entanto, a formação deste novo hábito irá te dar mais felicidade e alegria de viver.

Caso não tenha este hábito ainda, sugiro que a partir de amanhã acorde 5 minutos mais cedo para praticar, faça isto pelos próximos 21 dias de forma ininterrupta, após este período o hábito terá se formado, e será tão normal quanto escovar os dentes.

Queira a paz, plante a paz e trabalhe para esta paz dentro de você.

Pare de reclamar da crise, do governo e da economia, isto não ajuda em nada, muito pelo contrário, gera um clima de medo, ansiedade e aflição dentro de você.

Procure motivos para praticar a gratidão diária e veja profundas mudanças em sua vida, comece com pequenas coisas e vá ampliando.

O simples fato de conseguir ler isto, já é um motivo de gratidão.

Pratique a gratidão e a meditação, domine a sua mente, a paz é construída diariamente nos pequenos detalhes.

Deixe o que é bom entrar na sua vida.

Seja feliz agora, do seu jeito.

 

Bibliografia sugerida: Gratidão um estilo de vida (Louise Hay). A magia (Rhonda Byrne). Praticando o poder do agora. (Eckhart Tolle). Um novo mundo. O despertar de uma nova consciência. (Eckhart Tolle).

Até o próximo artigo!

Um forte abraço.

Adriana Mantana

Coach de Mulheres & Terapeuta ThetaHealer® articulista do Jornal Diário da Manhã e Colunista da Revista Coach Me.

Deixe o seu email e receba as nossas últimas NOVIDADES!!

Responsive image

Adriana Mantana


Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *