Todos nós temos projetos, planos e sonhos, no entanto muitas vezes começamos e não concluímos nada.
O problema é que ao fazer isto, “dizemos” para o nosso cérebro de forma inconsciente que não somos bons o bastante.
Em suma pegamos um chicote e começamos a nos maltratar.
Exemplos típicos do que estou dizendo é a dieta, a academia, um concurso público e etc.
Tudo aquilo que requer tempo e dedicação.
O que precisamos compreendemos é que não engordamos do dia para a noite, então com certeza teremos que praticar o passo a passo para ter o corpo que desejamos.


Leia Mais

O planejamento é uma ferramenta administrativa, que possibilita perceber a realidade, avaliar os caminhos, construir um referencial futuro, o trâmite adequado e reavaliar todo o processo ao que o mesmo se destina. Sendo, portanto, o lado racional da ação. Tratando-se de um processo de deliberação abstrato e explícito que escolhe e organiza ações, antecipando os resultados esperados. Esta deliberação busca alcançar, da melhor forma possível, alguns objetivos pré-definidos


Leia Mais

Em psicologia, autoestima inclui uma avaliação subjetiva que uma pessoa faz de si mesma como sendo intrinsecamente positiva ou negativa em algum grau. A autoestima envolve tanto crenças autossignificantes (por exemplo: "eu sou competente/incompetente", "eu sou benquisto/malquisto") e emoções autossignificantes associadas (por exemplo: triunfo/desespero, orgulho/vergonha).

Equilíbrio emocional é o controle total sobre os pensamentos e as ações que determinam o comportamento humano. É a capacidade de enfrentar obstáculos e ter controle absoluto dos sentimentos e das reações.


Leia Mais