Como resolver a dor do abandono? Visão Terapêutica.

efetivo-abandono-afetivo

Abandono: Ação de deixar uma coisa, uma pessoa, uma função, um lugar: abandono da família; abandono do posto; abandono do lar. Esquecimento, renúncia: abandono de si mesmo. (Dicionário On line de Português).

O auto abandono, muitas vezes passa sem ser notado, no entanto ele é mais comum do que gostaríamos que fosse.

Esquecer de si mesmo, renunciar seus sonhos, desejos e necessidades.

Geralmente sentimos mais o abandono do outro, no entanto quando a dor vem, trata-se de um alerta.

O outro sempre será um reflexo de como nós somos interiormente.

Então tenha isto como um indicador da sua vida interna e saiba que o seu mundo exterior, será uma cópia fiel de como você é por dentro.

Se você se sente abandonado pelas pessoas, ou constantemente tem este tipo de sentimento, pare tudo e enfrente seus medos.

Fugir não irá resolver, em muitas situações piora.

Cuide de você, como cuida da pessoa que mais ama.

Trate você, como você trata a pessoa que mais ama.

Converse com você, como conversa com a pessoa que mais ama.

Mime-se e se trate com muito carinho.

Reconheça tudo o que já fez na vida.

Olhe para o seu passado e veja quantas conquistas já obteve.

A vida não deve ser cinza, ela é colorida, perfumada e bela.

Qual a razão da dor?

Porque não agir de outra forma e evitar o sofrimento?

Angústia, ansiedade e inquietação não são sentimentos normais, para serem cultivados diariamente. O estado normal é de paz, serenidade e equilíbrio.

Tudo é uma questão de escolha.

Cuide de seu jardim, regue suas plantas e árvores. Pare de cobrar que outra pessoa cuide de você, este é um trabalho seu. A vida que temos é de nossa inteira responsabilidade, isto é ótimo, pois com isto conseguiremos mudar o que quisermos, mudando nossa atitude interna.

Busque seu autoconhecimento e auto cura, só assim seu auto abandono cessará e terá mais prazer de viver.

Se recorde de como era na infância, tudo era mais leve e fácil. Para quê levar tudo tão a sério?

Busque a leveza.

Busque o brilho dos teus olhos.

Busque a paixão por tudo o que faz.

Mude agora por dentro.

Evite reclamações e cobranças, isto não vai ajudar.

Não consegue mudar de atitude sozinho (a)? Busque ajuda externa, mas faça algo por você.

A dor do abandono é opcional, cure o que está doendo e veja como tudo pode ser melhor.

O seu mundo muda, quando você muda.

 

Bibliografia sugerida: O poder do agora. (Eckhart Tolle). Um novo mundo. O despertar de uma nova consciência. (Eckhart Tolle).

Grande abraço.

 

Adriana Mantana

 

Coach de Mulheres e Terapeuta.

Deixe o seu email e receba as nossas últimas NOVIDADES!!

Responsive image

Adriana Mantana


Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *