Elimine sua dor em 7 passos.

a-dor

Na psicologia, a zona de conforto é uma série de ações, pensamentos e/ou comportamentos que uma pessoa está acostumada a ter e que não causam nenhum tipo de medo, ansiedade ou risco. Nessa condição a pessoa realiza um determinado número de comportamentos que lhe dá um desempenho constante, porém limitado e com uma sensação de segurança. Wikipédia.

Antes de iniciarmos…

Se você ainda não se inscreveu no nosso canal do YouTube, se inscreva esta é uma forma de ficarmos ainda mais próximos  https://www.youtube.com/channel/UCJ980ggB7C_Rjj_VY2cG9og

7-simples-passos-para-você-aumentar-sua-renda1

A zona de conforto nos anestesia e de certa forma trás segurança. No entanto, quando estamos na zona de conforto não crescemos.

Muitas vezes tendemos a permanecer na zona de conforto anos a fio, a grande questão é que o mundo é mutável e flexível, nós que tiramos uma foto e imaginamos que o mundo permanece o mesmo. Daí a vida surge e nos tira do lugar em que estávamos, porque uma das leis é a evolução, vamos evoluir querendo ou não.

Somos convidados na maioria das vezes pela dor, para seguir por outro caminho, diferente daquele habitual, que tínhamos afinal o paninho é confortável, o conhecemos pelo cheiro, pela textura e nos recusamos a sair desta situação por amor, por isto a dor muitas vezes é necessária para crescermos.

Neste texto quero abordar a questão: Para que esperar a dor, bater na porta? Porque não tomamos a iniciativa e saíamos em busca de novos caminhos, trabalho, relacionamentos e tudo o mais que existe em nossa vida.

Por exemplo, o emprego está ruim, mas nos forçamos há ficar um pouco mais, afinal, como começar em outro lugar nesta crise?

O relacionamento afetivo perdeu o brilho faz muito tempo, só existem brigas e falta de companheirismo, mas o que fazemos? Insistimos em permanecer neste relacionamento “íntimo”, afinal, o que os outros vão pensar? Ou como vou me sustentar sozinha? Ou será que vou encontrar alguém nesta altura do campeonato?

A lista é infindável, da mesma que forma que nossas justificativas.

Acostumamo-nos com a dor, com a mágoa, com a tristeza, com a falta de propósito. Tudo isto é estar na zona de conforto, mesmo nesta situação, o medo é maior que o desconforto. Por isto muitas vezes passamos por situações de grandes dores.

Para evitar que isto aconteça, faça o seguinte:

  1. Liste os principais pontos que deseja mudar e que não fez nada a respeito.
  2. Pegue os 2 primeiros e atue neles nas próximas semanas e meses, até zerar todas as pendências com um plano de ação.
  3. Parta para os próximos até zerar toda a sua lista da zona de conforto.
  4. Se comprometa consigo.
  5. Feche ciclos abertos, que precisam ser fechados.
  6. Retire de sua casa tudo o que não usa, doe, venda ou jogue fora.
  7. Se não conseguir a motivação necessária para mudança, fale com 3 pessoas que você ama e se comprometa com elas, diga que irá fazer uma mudança de vida nas próximas semanas e meses, e que vai precisar que elas te cobrem o resultado. É comprovado o fato, que tendemos a executar as tarefas, com maior comprometimento, quando envolvemos outras pessoas.

Não se acomode com o que machuca, busque ajuda profissional para acompanhar o seu desenvolvimento, se não conseguir sozinha. Faça algo por você, lei livros e faça cursos. Você merece este cuidado.

Temos uma fanpage, curta e compartilhe, ficaremos honradas com a sua visita https://www.facebook.com/totalmentemulher/

Grande abraço.

Adriana Mantana

Coach & Terapeuta Holística, fundadora do projeto Totalmente Mulher.

 

 

Deixe o seu email e receba as nossas últimas NOVIDADES!!

Responsive image

Adriana Mantana


Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *